/
  • Streaming + Download

     

lyrics

Confesso: tenho inveja de quem se basta pra viver
Fosse eu assim não estaria a perguntar por quê
Se deixar levar, seguir qualquer intuição
Sem nem sequer desconfiar se é insensato ou não

Por que sonhar é tão fingir?
Por que se encorajar, pra que se permitir?

Ainda que um dia o tempo vá esclarecer
Dessa cortesia eu me recuso a ficar à mercê
E não diga que um dia você vai me esclarecer
Dessa cortesia eu me recuso a ficar à mercê

Cruzei bem mais que meus próprios muros pra te ver
Mal sei se foi convite seu ou se fui eu a me oferecer
A ir onde for, tentar te entender, viver um mundo seu
E ainda me pergunto em vão o que aconteceu

Por que eu fui? Por que, deus, fiquei?!
O que faço desse vazio, agora que voltei?

Ainda que um dia o tempo vá esclarecer
Dessa cortesia eu me recuso a ficar à mercê
E não diga que um dia você vai me esclarecer
Dessa cortesia eu me recuso a ficar à mercê

Mas não,
Era só dizer claro que não
Pois é,
Eu vi “sim” no que era “talvez”
E nessa ânsia eu vou sem saber
Se deixei escapar
Ou se não passa de um mero palpite infeliz
O princípio de toda ilusão

credits

from Dama​-​da​-​Noite, released March 20, 2013

tags

license

all rights reserved

about

Coquetel Acapulco Rio De Janeiro, Brazil

contact / help

Contact Coquetel Acapulco

Streaming and
Download help